Comissão da ITC decide a favor da Hytera em sua determinação final

Determinação destaca que a nova geração de produtos I-Series da Hytera não infringe nenhuma patente.

MIRAMAR, Flórida e IRVINE, Califórnia, 16 de novembro de 2018 A provedora mundial de soluções de comunicações por rádio móvel (LMR) anunciou hoje que a Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC) decidiu em favor de Hytera em sua determinação final sobre novos projetos recentemente desenvolvidos pela Fabricante Chinesa. A decisão final da comissão da ITC deixa claro que os produtos da nova geração da i-Series da Hytera não infringem as patentes da Motorola Solutions e podem continuar a ser importados e vendidos normalmente nos Estados Unidos.

A Hytera está satisfeita com o fato de a revisão da comissão ITC permitir corretamente a importação e venda contínuas de seus produtos inovadores da série I. A empresa espera continuar crescendo dentro dos Estados Unidos e enriquecer o mercado de rádio móvel nos EUA com mais opções e valor agregado. Embora a Motorola opte, infelizmente, por se concentrar em litígios inadequados em vez de inovações, a Hytera permanece focada no futuro - tanto para seus usuários finais quanto para seus revendedores.

"A Hytera traz consistentemente novos recursos e opções mais econômicas para o mercado e é uma marca importante que agrega escolha e competição na indústria de rádio móvel", disse Bruce Marcus, CTO da Marcus Communications. "Temos clientes em vários setores que precisam de soluções sob medida oferecidas em vários pontos de preço".

A Hytera possui muitas patentes que protegem seus produtos e respeitam a propriedade intelectual de terceiros. Mas se a Motorola optar por continuar o que a Hytera acredita ser um comportamento anti-competitivo, por meio de ações legais questionáveis contra seus concorrentes, a Hytera se defenderá vigorosamente. O especialista da Motorola neste caso alegou que a Motorola controla quase 70% do mercado norte-americano de produtos de rádio, o que a Hytera alegou ser um eufemismo. A Hytera acredita que a Motorola continuará a usar o sistema legal dos Estados Unidos como outra frente na busca da Motorola por manter seu monopólio sobre rádios móveis bidirecionais nos Estados Unidos.

Embora a decisão final do ITC seja favorável à Hytera e aos seus novos designs, a opinião da Comissão conclui que alguns dos legados produtos DMR da Hytera infringem algumas das patentes declaradas da Motorola. A Hytera está considerando uma ação de acompanhamento em relação a essa parte da decisão. É importante ressaltar que a decisão final da ITC permite que a Hytera use seus novos projetos e a empresa espera que o forte interesse em seus produtos da nova geração da i-Series continue. A Hytera tem trabalhado diligentemente para lançar novos produtos no mercado que permitem que os revendedores dos EUA continuem a especificar e vender as opções ricas em recursos, de alta qualidade e econômicas que seus clientes esperam da Hytera.

"A Hytera está empenhada em ampliar a escolha dentro do mercado dos EUA e para nossos revendedores", disse Tom Wineland, Vice-Presidente de Vendas da Hytera Communications America (Oeste), Inc. "A Hytera continuará oferecendo uma gama completa de produtos inovadores e de alta qualidade. produtos de DMR econômicos e soluções de comunicações terrestres-rádio-móveis para nossos revendedores e clientes aqui nos EUA, como fazemos em todo o mundo ".


As decisões não afetam o mercado Brasileiro
A Hytera informa ainda que nenhuma das decisões têm impacto no mercado Brasileiro, já que o ITC é um órgão americano e tem jurisdição apenas nos Estados Unidos. A empresa continua a comercializar toda sua linha de produtos no país sem qualquer alteração.