Ano do Porco: China inicia celebração de ano novo nesta sexta-feira

O ano novo chinês é a festa mais aguardada no país e dura cerca de duas semanas. Há rituais, festas e muita comemoração. Na véspera, os chineses limpam e arrumam a casa, cortam o cabelo, fecham as contas, presenteiam os deuses que protegem a casa, preparam as roupas, organizam a empresa e o comércio.

Chinese

Com um calendário distinto do mundo ocidental, a China inicia na ultima sexta-feira (1º) as celebrações de início do ano novo chinês que leva em consideração as fases da lua e a posição do sol. O ano começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo 15º dia grau de Aquário. Em 2019, o ano novo chinês tem início no dia 5 de fevereiro.

Na China, o ano é relacionado aos 12 animais que, segundo a lenda, teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião e, em agradecimento, foram transformados em signos. Este ano é do porco. Também compõem a lista rato, búfalo, cobra, cavalo, carneiro, macaco, galo, dragão, tigre, touro e cachorro.

O ano novo chinês é a festa mais aguardada no país e dura cerca de duas semanas. Há rituais, festas e muita comemoração. Na véspera, os chineses limpam e arrumam a casa, cortam o cabelo, fecham as contas, presenteiam os deuses que protegem a casa, preparam as roupas, organizam a empresa e o comércio.

A cor vermelha predomina, pois simboliza a transformação e o movimento e a vida. O amarelo, roxo e o dourado também, pois, segundo as tradições, atraem a riqueza e a prosperidade. Por tradição, os chineses escrevem, neste período, os desejos com tinta preta em tiras de papel vermelho e penduram na porta de entrada.